. Game of Thrones | 12 mortes surpreendentes que caíram no esquecimento | Karga!

Game of Thrones | 12 mortes surpreendentes que caíram no esquecimento

“Valar morghulis”, que significa “todos os homens devem morrer”, é um dos lemas de GoT. E não é publicidade enganosa, pois, nesta série, já presenciámos mais de uma centena de mortes.

Foram tantas (e tão boas) que algumas acabam por cair no esquecimento. Falamos daquelas que despertaram emoção nos nossos corações quando aconteceram mas que, entretanto, muitos se olvidaram.

À parte das grandes mortes, listamos aqui 12 gajos(as) que bateram a bota e já ninguém se lembra.

Ah! E quem quiser refrescar audiovisualmente a memória, é só clicar em “vídeo” no fim de cada personagem.

12. Karsi – T.5 Ep.8 – “Hardhome”

“Quem?”… Pois, nós avisámos. Karsi era uma Selvagem que ficámos a conhecer no episódio da épica batalha em Hardhome. Sim, aquela em que o Jon mata pela primeira vez um dos líderes dos White Walkers. Mas antes de se desembainharem espadas e outras armas, há uma grande reunião convocada por Jon, com os líderes das várias “espécies” de free folks. Karsi é uma das personagens que marca presença (e que presença!!).

Ficamos a conhecê-la por inteiro apenas nesse episódio: mãe, líder, guerreira e com grande coração. Depois de salvar as suas filhas e matar uns quantos Caminhantes, fica imóvel ao ver child-wights, o que acaba por ser fatal.

Vídeo

11. Locke – T.4 Ep.5 – “The First of His Name”

Um pau mandado dos Bolton. É a razão pela qual a mão direita de Jaime Lannister é de ouro. Podemos dizer que é também a razão pela qual Jaime e Brienne desenvolveram aquela relação sólida de amizade/amor(?). Ninguém se lembra deste homem, e também não interessa, mas as imagens da forma como morreu vão de certeza parecer familiares. É que foi a primeira vítima que Bran fez, na mente de Hodor. Ficámos todos fascinados.

Vídeo

10. Xaro Xhoan Daxos – T.2 Ep. 10 – “Valar Morghulis”

Quando Daenerys chegou à “maravilhosa” cidade de Qarth, o pressentimento dizia que algo não ia correr bem. Foi este senhor grande e robusto que a permitiu entrar, ao fazer um juramento de proteção. Embora não soubéssemos, era tudo com o intuito de roubar os dragões à loiraça e tornar-se o homem mais rico e poderoso do mundo.

Teve uma morte ironicamente espetacular. Daenerys trancou-o com a amante no cofre onde estava, supostamente, todo o ouro da cidade. Perguntamo-nos o que terá acontecido lá dentro. Uma coisa é certa: não ficou vivo para contar a história.

Vídeo

9. Myranda – T.5 Ep. 10 – “Mother’s Mercy”

A amante do sádico Ramsay Bolton. E, sim, era tão sádica quanto ele, embora quase sempre de uma forma muito mais sensual. Por acaso… Ficava-lhe bem esse papel… Bom, adiante. Morreu naquele que foi, provavelmente, o único ato corajoso de Theon Greyjoy em toda a série. Theon, aka Reek, atirou Myranda “borda fora” e salvou Sansa das mãos de Ramsay.

Vídeo

8. Ros – T.3 Ep. 6 – “The Climb”

Uma das prostitutas do Littlefinger que, entretanto, se tornou um dos “passarinhos” de Varys. Apareceu pouco, mas sempre bem. E não dizemos isto porque queremos apenas elogiar os seios da atriz, atenção.

Quando parecia que estava a entrar no jogo, foi game over. E de que maneira! Quando Petyr Baelish soube que ela estava a espiá-lo para Varys, “deu-a” para ser o brinquedo de Joffrey, que acabou por matá-la com a sua besta.

Vídeo

7. Areo Hotah – T.6 Ep.1 – “The Red Woman”

Era o guarda pessoal e braço direito de Doran Martell, o ex-governador de Dorne. E que desilusão que foi…

Olhávamos para este personagem e pensávamos: “algo de espetacular está guardado para este bisonte (com todo o respeito)”. Até porque nos livros, Areo Hotah é muito mais ativo na história. Mas não, morreu com uma facadinha nas costas, dada por Tyene, a mais nova das “Sand Snakes”. Sem dar luta, nem nesse momento nem nunca. Foi uma morte à Game of Thrones, em que nos relembramos que tudo pode acontecer nesta série.

Vídeo

6. Grand Maester Pycelle – T.6 Ep.10 – “The Winds of Winter”

Magnificamente interpretado por Julian Glover, era um dos maiores cobardes da história. Andava para lá e para cá a fingir que era um velho caquético com algo de importante a dizer. Mas, na realidade, ninguém queria saber dele. Era tão inútil e insignificante que nunca esperámos que morresse da maneira que foi.

É capaz de não estar muito fresco na memória, mas foi a sua morte que deu o mote para a cena da grande explosão do Septo de Baelor. Em mais um ato brutal (em todos os sentidos), com uma banda sonora de arrepiar, o carma fez uma visita ao Grand Maester Pycelle, que foi desta para melhor.

Vídeo

5. Shae – T.4 Ep.10 – “The Children”

O que estava guardado para esta personagem… Enganou Tyrion na perfeição, e a todos os espectadores também! Parecia mesmo que era a alma gémea do anão, mas era só “jajão”. Era uma atriz dentro da sua personagem, um inception de interpretação de papéis.

Durante a quarta temporada, “Shae” foi das personagens secundárias mais impactantes. E o seu fim teve tanto de surpreendente quanto de poético, mas já passou à história.

Vídeo

4. Jeor Mormont – T.3 Ep. 4 – “And Now His Watch Has Ended”

Pai de Jorah Mormont e figura paternal para Jon Snow aquando dos seus primeiros tempos na Patrulha da Noite. Era um bom homem e a sua espada de aço valiriano – a “Longclaw” – foi muito útil na luta contra os White Walkers. Foi e ainda pode vir a ser… Tal como a sua sobrinha Lyanna Mormont, a miúda com os maiores tomates lá no quintal do Norte!

Vídeo

3. The Waif – T.6 Ep.8 – “No One”

Não era ninguém. Depois de Arya lhe tratar da saúde, o seu estatuto passou de figurativo a literal. Servia Jaqen H’ghar, tal como Arya, e era uma das assassinas “Sem Rosto”. Passou de predadora a presa naquela que foi, sem dúvidas, uma das cenas de maior suspense em toda a temporada! De rever.

Vídeo

2. Ser Meryn Trant – T.5 Ep.10 – “Mother’s Mercy”

Mais um momento protagonizado por Arya. Meryn Trant – retiramos-lhe o “Sir” porque de nobre não tem nada – estava na lista da “pequena” Stark há muito tempo. Mais ou menos desde que ajudou a trair Ned Stark e matou, presumivelmente, Syrio Forel, o primeiro instrutor de luta de Arya.

Entretanto, descobriu-se que este personagem gostava de espancar meninas e tirar-lhes a inocência. Isto fez com que a sua dolorosa morte se tornasse estranhamente agradável de ver. “Bem feito”…

Vídeo

1. Shireen Baratheon – T.5 Ep. 9 – “The Dance of Dragons”

É talvez das mortes mais tristes. Era uma rapariga muito doce, inteligente e INOCENTE. Parecia vir a ter um papel importante na história, até. Acabou morta pelo próprio pai, na fogueira. E o pior é que foi tudo completamente em vão. Com o fim da casa Baratheon caiu no esquecimento, mas não para nós.

Vídeo



Related Articles

Série Midnight Texas estreia-se hoje no Syfy

Midnight Texas estreia-se hoje às 22:15h A série Midnight Texas, criada por Monica Brenne (Lost) e inspirada nos livros da

The Walking Dead ganha jogo ao estilo de Pokemon Go

The Walking Dead: Our World vai permitir-te matar zombies na vida real Depois de ter ganho uma série de jogos

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*

Junta-te à Karga!