Faleceu Jerry Lewis, ator e ícone da comédia

Joseph Levitch, mais conhecido por Jerry Lewis, morreu hoje aos 91 anos.

Ainda não há informação concreta do que levou à morte do comediante. Sabe-se que foi esta tarde (manhã, nos EUA), na sua casa, em Las Vegas.

Para os mais jovens, este nome pode não dizer muito. A verdade é que muitos dos comediantes de referência hoje em dia têm-no como ídolo – chamam-lhe o “Rei da Comédia”. Jerry Lewis foi ator, comediante, músico, realizador e, não menos importante, um grande filantropo.

Além da comédia, era também um expert em reailzação, tendo dado aulas a Steven Spielberg e George Lucas.

A sua carreira deu um boom nos anos 40, quando trabalhou em parceria com o músico e, também, comediante Dean Martin. Os dois faziam apresentações cómicas em casas de espetáculo e mais tarde avançaram para um programa de rádio.

O sucesso desta dupla, que mais tarde se separaria, foi tanto que deu origem a várias histórias de banda desenhada e de séries animadas de televisão. Jerry entrou para o mundo do cinema e da animação. Fez vários filmes, para a Paramount na maioria, e deu “uns toques” na criação dos Looney Tunes.

Chegou ainda afazer carreira na música. Jerry lançou um álbum em 1957 e algumas das suas músicas foram um sucesso. “Rock-a-Bye Your Baby With a Dixie Melody” e “It All Depends On You” são exemplos.

O norte-americano multifacetado chegou a ser professor de realização cinematográfica, na Universidade da Califórnia do Sul, em Los Angeles. Deu aulas a nomes como Steven Spielberg e George Lucas.

A sua longa vida de trabalho valeu-lhe muitos prémios e duas estrelas no “Passeio da Fama”, em Hollywood. Hoje, ganha mais uma… No céu. Longa vida ao “Rei da Comédia”.

Jerry Lewis a eternizar-se no Passeio da Fama, em Hollywood
Jerry Lewis a eternizar-se no Passeio da Fama, em Hollywood
karga Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *