Game of Thrones | O significado de “Eastwatch”, que pode ter passado despercebido

No meio de tanto a acontecer, é fácil que um pequeno detalhe tenha passado despercebido. Esse detalhe é, nem mais nem menos, o próprio nome do episódio – “Eastwatch”.

Depois daquele final, “Eastwatch” já não é só um castelo na Grande Muralha…

Nos Estados Unidos, o episódio cinco bateu recordes de audiência: 10,7 milhões de televisões estavam sintonizadas em GoT.  Isto é a população inteira do nosso país, portanto. Juntamos a este dado os amigos que viram o episódio juntos, em casa ou em bares, e rapidamente este número se multiplica. Ah! Falta ainda o resto do mundo que, legal ou ilegalmente, também acompanhou o episódio. Resumidamente, muita gente viu este episódio – that’s the point. Mas, mesmo com tanta gente a assistir, parece que ninguém reparou num pormenor de realização delicioso.

O castelo de Eastwatch - Imagem de Ted Nasmith
O castelo de Eastwatch – Imagem de Ted Nasmith

Já a acabar o episódio, há uma reunião de “bad-asses”. Jon Snow, Jorah Mormont, Tormund, Sandor Clegaine, Beric Dondarrion, Thoros de Myr e Gendry. Todos de sítios diferentes. Todos com ideologias diferentes. Todos com um passado conflituoso. Mas todos com experiência em fintar a morte e um único objetivo: “continuar a respirar”. Os sete partem para um castelo que fica na ponta este da Grande Muralha. Os sete vão arriscar as vidas numa tentativa de salvar a raça do homem. Os sete vão combater, corajosamente, o inimigo comum. Nenhum dos sete é da Night’s Watch.  Mas, juntos, eles são a East Watch!

Mas qual é o sentido disso?

Os nomes dos episódios não são dados à toa, obviamente. Também eles estão carregados de significado. Então, por que razão Benioff e Weiss dariam o nome de um episódio a um castelo que nem sequer aparece em qualquer cena? Bem sabemos que muito se fala em “Eastwatch”, pois Bran vê os “white wlakers” a caminharem para lá, ainda assim… É muito pouco. Então pensem connosco.

Temos a Night’s Watch, um conjunto de rapazes vigilantes que previne que os males para além da Muralha avancem. Eles são corajosos e treinados para lutar. Também o são Jon Snow e companhia. Eles farão as vezes dos “Patrulheiros da Noite”, mas no ponto mais a este da Grande Muralha. Então eles serão a “Watch” de Este: Eastwatch. “GoT” it? Foi na cena final que eles se formaram e a malta ficou em hype total para o próximo episódio! E isto sim, é um bom motivo para nomear o episódio!

A "Eastwatch" liderada por Jon Snow
A “Eastwatch” liderada por Jon Snow

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.